Logo Conferencia Regional
ACI-Américas Logo UNIMED

Atrativos turísticos

Aquário Acqua Mundo
Localizado na Praia da Enseada, o Acqua Mundo é atualmente o maior aquário de água salgada da América do Sul. Além da exposição da fauna e flora aquática, o empreendimento também oferece oficinas temáticas, ciclo de palestras, atividades educacionais e acampamento noturno. São mais de 230 espécies e mais de 8 mil animais em exposição divididos em tanques temáticos, de contato e espaços ao ar livre. Para acompanhamento das visitas há, no local, monitores e profissionais habilitados. Todo o percurso do local é adaptado para cadeirantes. A estrutura do aquário ainda conta com um auditório com capacidade para 90 pessoas, onde são apresentados filmes científicos.
www.acquamundo.com.br

Espaço Histórico do Surf
Com visitação disponível de quarta a domingo das 9h00 às 15h00, o espaço histórico do surf possui um dos maiores acervos do Estado de SP e é frequentemente destaque na mídia esportiva nacional e internacional. A entrada é gratuita. No local também são oferecidas aulas de surf, inclusive para portadores de necessidades especiais.
www.piratasurf.com.br

Teatro Procópio Ferreira
Inaugurado no final da década de 70, o Teatro Municipal fica num dos bairros mais populares da cidade do Guarujá. Nele já se apresentaram grupos de artistas como o Maitá Capoeira, ImproRiso e, também, grupos de dançarinos que se apresentam dançando Tango ou Ballet. É um local com programação para toda a família.

Sambaqui
Guarujá abriga um dos sambaquis (aglomerados de conchas) mais antigos do país. Segundo arqueólogos da USP - Universidade de São Paulo, estas estruturas foram construídas por civilizações pré-históricas há mais de 8 mil anos com intuito de ser um local sagrado e de rituais fúnebres. Foi batizado pelos estudiosos como Sambaqui Monte Cabrão e também já foi registrado no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como parte de um sítio arqueológico na cidade.

Ermida do Guaibê
A Capela do século XVI é encontrada na região próxima à armação das Baleias feita de pedra e óleo de baleia, atualmente em ruínas. É tida como capela quinhentista de Santo Antônio, construída por José Adorno, frequentada pelo Padre Anchieta que nela haveria rezado missas e catequizado índios.

Armação das Baleias
Localizada na margem do canal de Bertioga, a Armação das Baleias foi um importante marco econômico colonial nos séculos XVIII e XIX. Local que tinha como sua atividade a extração do óleo de baleia, destinado à iluminação pública e ao aproveitamento de seus derivados. Foi a primeira indústria extrativista que funcionou na Ilha de Santo Amaro. A indústria dos produtos de baleia foi uma das permitidas neste período aqui no Brasil pelos portugueses. Havia uma sucursal da Armação das Baleias na Praia do Góes, hoje inexistente.

Ilha dos Arvoredos
A Ilha dos Arvoredos, localizada a 1,6 km da costa, na altura da Praia de Pernambuco, tem 37 mil km2 e foi cedida pelo Serviço de Patrimônio da União, em 1950, ao engenheiro Fernando Eduardo Lee, que a transformou em palco de pesquisas científicas e um ambiente 100% autosustentável, com sistemas coletores de água da chuva, sistemas eólico e solar de captação de energia, entre outros. Desde 1994, após a morte do engenheiro, passou a ser administrada pela Universidade de Ribeirão Preto e oferece visitas monitoradas de cunho educacional e científico.

Ilha da Moela
A Ilha da Moela, também chamada de "Ilha do Farol" e "Ilha do Farol da Moela", que pode ser avistada da Praia do Tombo e Mirante do Morro da Caixa D’Água, tem este nome em razão de sua formação rochosa, que lembra a moela de uma galinha. E é onde encontra-se o Farol da Moela, que indica a entrada da barra de Santos.

Pavilhão da Maria Fumaça
Com o objetivo de facilitar o acesso à Estância Balneária de Guarujá, em 1892 foi iniciada a construção do Tranway do Guarujá, sendo inaugurado em 2 de setembro de 1983. Os turistas que se destinavam ao Guarujá tomavam um pequeno vapor no Porto de Santos, chamado Cidade de São Paulo, que atravessava o estuário até o bairro do Itapema. No local, havia uma estação onde embarcavam na Maria Fumaça, pequena locomotiva a vapor que seguia rumo ao Grande Hotel La Plage, na Praia das Pitangueiras. No final da década de 1910, foi desativada, sendo construída estrada de rodagem, e em 19 de janeiro de 1918 foi implantado o serviços de balsas. 40 anos depois, em 13 de julho de 1956, o Tranway foi desativado e, hoje, a Maria Fumaça encontra-se em exposição no cruzamento da Av. Leomil com Av. Puglisi, no Centro de Guarujá.

Pavilhão do Carro Fúnebre de Santos Dumont
A exemplo do Pavilhão da Maria Fumaça, no cruzamento da Av. Leomil e Av. Puglisi, no Centro de Guarujá, está exposto o carro fúnebre que transportou o corpo de Alberto Santos Dumont, o pai da aviação, falecido em 1932 no Grande Hotel La Plage. O automóvel, um Chevrolet Ramona fabricado em 1929 e construído quase que totalmente em madeira, mantem as características originais, incluindo o motor de seis cilindros, o que o torna uma raridade.

Forte dos Andradas
Instalado no Morro do Monduba, o Forte dos Andradas é um complexo bélico, na costa voltada para o mar, na Praia do Monduba e Praia do Bueno, em extensa área de Mata Atlântica. Projetado em 1934 pelo Tenente-Coronel de Engenharia João Luiz Monteiro de Barros, foi o último a ser construído no Brasil, tendo sua conclusão em 1942, na Segunda Guerra Mundial. Ocupa área de 2,1 milhões de m2 e foi edificado escavando-se e encravando-se túneis com dezenas de galerias nas rochas do morro, com o objetivo de ocultar as instalações dos canhões de tiro curvo. Recebeu o nome de Forte dos Andradas em homenagem aos defensores da Independência, os irmãos Andrada, José Bonifácio de Andrada e Silva, Martim Francisco Ribeiro de Andrada e Antônio Carlos Ribeiro de Andrada Machado e Silva. A entrada no local é permitida somente com autorização prévia e o atrativo organiza visitas guiadas pelo espaço.

Forte São Luiz / São Felipe
Localizado no extremo norte de Guarujá, o Forte São Luiz/São Felipe foi construído no século XVI a pedido de Braz Cubas, fidalgo português que veio ao Brasil com Martim Afonso de Souza, considerado o fundador da cidade de Santos, com o objetivo de defender o território dos ataques que vinham do mar. Seu primeiro artilheiro foi o alemão Hans Staden, que viveu parte de sua vida no lugar e que, durante 9 meses, foi prisioneiro dos índios tupinambás, por quem quase foi devorado. Em 1965 foi tombado pelo IPHAM. O acesso é pela Trilha da Praia Branca, iniciada próxima à balsa Guarujá-Bertioga.

Forte do Itapema
O Forte do Itapema é uma das edificações mais antigas do Brasil e localiza-se próximo a estação das barcas no distrito de Vicente de Carvalho. Foi erguido sobre as rochas, com blocos grandes de pedras únicas com mistura de óleo de baleia e cal de sambaqui, com o objetivo de defender o Porto da Vila de Santos. Existem poucos relatos sobre a data precisa de sua fundação, contudo, estima-se que já existia na metade do século XVI. No século passado, a Intendência Geral da Guerra entregou-o aos cuidados da Alfândega de Santos, que em 1908 solicitou que fosse construído um posto de fiscalização, com torre dotada de holofotes para melhor iluminação do estuário e combate ao contrabando.

Fortaleza Santo Amaro da Barra Grande
Localizada entre as Praias do Góes e Praia de Santa Cruz dos Navegantes, às margens do estuário santista, a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande é um monumento histórico-militar construído no século XVI, durante o domínio espanhol, com o objetivo de defender a Vila de Santos de ataques corsários de piratas. A fortaleza serviu durante o século XVII como presídio político dos oposicionistas da Coroa Portuguesa, sendo restaurada pela primeira vez em 1885. O acesso à fortaleza é feito pela Trilha da Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, no bairro de Santa Cruz dos Navegantes, ou por embarcações vindas da Ponte dos Práticos em Santos.

Mirante do Morro da Caixa D´Água
O Mirante do Morro da Caixa D’Água faz o viajante sentir-se no topo do mundo. De lá, é possível observar o mar que banha Guarujá, com especial atenção à Praia do Tombo, à direita, e à Praia das Astúrias, à esquerda. O local também é refúgio dos praticantes de parapente.

Mirante do Morro do Maluf
O Mirante do Morro do Maluf, localizado ao final da Praia das Pitangueiras, garante aos viajantes uma visão deslumbrante de Guarujá, com especial atenção à Praia da Enseada, a maior em extensão do destino, somando 5.600 metros, logo à esquerda. O Mirante do Morro do Maluf, assim como o Mirante do Morro da Caixa D’água, também é procurado pelos praticantes de parapente.

Mirante do Costão das Tartarugas
No final da Praia da Enseada, após o residencial da Península, o Costão das Tartarugas é uma formação rochosa e de onde se pode observar, regularmente, os simpáticos animais que escolhem o lugar para se alimentar.

Organizadores

ACI-Américas
Logo UNIMED

Patrocinadores

SESCOOP
OCB
Central Nacional Unimed
Seguros Unimed
Fundaçao Unimed
Participaçoes Unimed
We Effect
footer